Entrevista de Desligamento é mais Gestão de Pessoas do que se imagina.


Uma boa entrevista de desligamento pode trazer muitas dicas para melhorias de seu RH. Mesmo que possa ter algum viés de opinião, levado pela emoção do momento, vale ouvir o ex-colaborador e, pelo menos, pesquisar se o que ele diz na entrevista é verdadeiro.

O gestor do ex-colaborador é fundamental nesse processo. Ele precisa saber o resultado da entrevista e apoiar RH num plano de ação de melhoria em seu departamento, caso seja detectado algum problema mencionado pelo ex-colaborador.

Mas fazer a entrevista requer alguns cuidados, preparação e metodologia.

Confira essas dicas de aplicação:

PLANEJE-SE

Da mesma forma como ocorre com qualquer entrevista, é necessário que seja planejado com antecedência:

1. Prepare um local em que o candidato tenha privacidade

2. Um ambiente em que não haverá interrupções durante o procedimento.

3. Prepare os materiais que serão utilizados com antecedência, como canetas, questionário de desligamento, etc.

SIGA UMA METODOLOGIA

  • A entrevista deve ser realizada no último dia de trabalho, para não causar constrangimento.

  • É importante informar o candidato que o preenchimento não é obrigatório e que é confidencial, para que ele saiba que não terá seus créditos abalados.

  • Caso o colaborador não deseje responder, pede-se para que ele faça uma assinatura e justifique o porquê.

  • Peça para ele preencher o formulário, que seja sincero para que a empresa possa melhorar seus processos.

  • Após o preenchimento, converse com o colaborador, leia com ele o que escreveu, peça para comentar mais sobre a resposta.

  • Não manipule as respostas do candidato.

  • Evite manifestar-se como se estivesse se posicionando ou julgando valores no relato ou a respeito do candidato, bem como contingências tidas como “fofocas”.

  • Lembre-se que os dados obtidos com o procedimento deverão ser fornecidos ao gestor de modo a não expor desnecessariamente o ex – colaborador.

  • Após o término da entrevista agradeça a contribuição do ex-colaborador, se coloque a disposição, deseje sucesso.

  • Faça seu parecer, comentários, sobre a entrevista na folha de referência. Nesses comentários poderá ser descrito sua impressão sobre a sinceridade do ex-colaborador, seu estado emocional (se saiu com raiva, agradecido, se voltaria a trabalhar na empresa).

  • Seja isento de julgamento nesse parecer. Ele serve como um complemento de algo que não foi escrito pelo ex-colaborador e que é relevante para a empresa.

  • Descreva também quais pontos podem ser melhorados a partir dos comentários feitos pelo ex-colaborador.

O QUE FAZER COM A ENTREVISTA REALIZADA

  • Faça a tabulação e registre-a para tomada de decisão e ações para as melhorias.

  • Converse com o gestor do ex-colaborador sobre o resultado da entrevista. Ajude-o a melhorar seus processos caso tenha sido comentado algo nesse sentido.

  • Faça um acompanhamento das ações implantadas, resultado das entrevistas.

Mais recentes

Missão

Tornar acessível as práticas de RH-Gestão de Pessoas que  geram transformações extraordinárias.

  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon